Notícia

7min leitura

Carta ao meu sócio

Por Thiago Salomão

14 ago 2023 14h09 - atualizado em 14 ago 2023 03h40

Começo de janeiro de 2022. Eu e Matheus Soares fazíamos um almoço no São Bento, aproveitando a tranquilidade que essa época traz ao Itaim.

O sentimento era um mix de alívio, expectativa e ansiedade: semanas antes nós dois tínhamos pedido demissão da XP. Mesmo sem nenhum plano definido (eu nem poderia, pois tinha um prazo acordo não-concorrencial de 6 meses), inevitável não falarmos dos nossos planos para o futuro.

Após o sucesso que tive com a criação e condução do Stock Pickers por quase 3 anos, era óbvio pensar que meu próximo projeto seria algo semelhante. Minha ideia era fazer um Stock Pickers com uma dose de “skin in the gameonde nós não apenas entrevistaríamos gestores, mas também selecionaríamos quais as ações preferidas para investirmos – e claro, colocaríamos nosso dinheiro próprio nestas ideias.

Para isso, era fundamental a presença do Matheus neste pré-projeto. Ele se encaixaria perfeitamente nesta função de analista, pois ele reúne conhecimento técnico, paixão pelo que faz, tesão em estudar ações e empresas, habilidade de comunicação e disciplina de estudo. Isso sem contar que ele é um dos meus melhores amigos, o que tornaria mais delicioso esse desafio de empreender.

Por isso foi um baque quando ele me disse que não ia querer trabalhar comigo:

“Saloma, acho que eu não estou pronto para assumir esse desafio. É muita responsabilidade. Acho melhor eu ir aos poucos, começar trabalhando numa gestora como analista e ir crescendo até chegar na gestão”.

Pronto: a empresa que nem podia existir ainda e que também não tinha nome, sócio ou powerpoint agora não teria também o analista que eu queria para montar nossa carteira. E por mais que eu encontrasse outro analista melhor que ele, não era o irmão que a vida me deu quem estaria comigo.

Tentei fazê-lo mudar de ideia. Tinha até o final do almoço para fazer o Matheus escolher entre embarcar numa aventura empreendedora irresponsável com seu grande amigo ou ter um emprego padrão em uma gestora já estabelecida, com salário + bônus e certeza de que aprenderia muita coisa.

Para minha alegria, ele fez a escolha errada. Na carona que ele me deu até em casa, ele já estava super empolgado com a ideia. Fui eu quem tive que fingir demência e dizer “calma: volta pra casa, pensa bem na nossa conversa, pontua prós e contras e na semana que vem você me diz o que decidiu”.

Ele dizia que não estava 100% pronto. Mas quando é que a vida nos deixará 100% preparados para dar um salto no escuro e criar algo que nunca fizemos antes? E outra: eu sabia que o Math ia se preparar como ninguém durante os 6 meses que eu não podia fazer nada.

Foi o que ele fez: entre esse almoço e o nascimento do Market Makers, o Math devorou todos os livros possíveis, fez um curso de Value Investing em Columbia, passava dias nos escritórios ou via zoom com aqueles gestores parceiros, tudo que pudesse acelerar seu aprendizado.

Claro que não existe aprendizado sem prática, por isso colocamos uma carteira para rodar nesse meio tempo, como forma de validar nossas convicções.

Após o nascimento do MMakers (que foi em julho de 2022), o Math desenvolveu uma espécie de Manual do Market Makers, com todos os princípios que norteiam nossas decisões de investimentos e todas as perguntas que devemos fazer para uma empresa ou para nós mesmos antes de comprar uma ação.

Ao longo de 2022, criamos a Carteira Market Makers, que os assinantes da nossa comunidade têm acesso. Junto com a carteira, eles podem participar de reuniões semanais exclusivas que o Math faz com gestores, empresas ou investidores.

Em outubro, nasceu o MARKET MAKERS FIA, fundo cuja carteira é inspirada na nossa carteira  recomendada. Somos os principais cotistas do fundo (por enquanto). Ou seja, 10 meses depois de dizer “não sei se estou pronto”, o Matheus provou pra si mesmo que, com trabalho e foco, conseguimos chegar lá.

Vale aqui um agradecimento especial à Empiricus, que tornou-se nossa sócia e nos deu todo (e tem nos dado) todo apoio para que pudéssemos tirar nossos sonhos do papel. Quando você tem um parceiro tão alinhado e que te ajuda tanto a crescer mais rápido, a melhor forma de retribuição é trabalhar duro e justificar o voto de confiança.

A história toda é linda, mas o que importa pro investidor no fim do dia é resultado. Felizmente, isso também chegou rápido: após um começo difícil (nov/22 foi o mês que a bolsa toda desabou mas a Vale disparou, descolando o Ibovespa dos fundos de ações), algumas teses começaram a maturar e o Market Makers FIA rende aproximadamente 20% em 2023, mais que o dobro do Ibovespa.

Mas mesmo que nosso fundo ainda não estivesse batendo o Ibovespa, diria que estamos no caminho certo, pois conseguimos construir nossa própria filosofia de investimentos, nosso processo de escolha de ações e montagem de carteira. Cada movimento da carteira (de entrada ou de saída) tem um princípio muito bem fundamentado.

O que nos diferencia do resto talvez seja isso: somos tão dedicados e empenhados como os principais profissionais do mercado financeiro, mas temos a agilidade que eles não têm, o que nos permite pescar em lagos que a maioria deles não conseguem, como o das small caps. É como o Math disse na sua última newsletter: quando um gestor diz “empresa com esse tamanho eu nem olho”, é ali que vamos gastar nossa energia.

Aprendemos o tempo todo com os gestores que interagimos diariamente em nosso trabalho, mas temos pensamento próprio ao definir onde vamos investir. Não fazemos o que eles estão fazendo – na verdade, até evitamos fazer algo quando vemos que tem muita gente grande fazendo. Isso até nos salvou de algumas ciladas que vimos em 2023.

É lindo ver essa evolução do Math, até porque foi em janeiro de 2019 que tivemos nosso primeiro contato profissional e o início de uma grande amizade. De lá pra cá, ralou muito e evoluiu demais. Ter acompanhado essa evolução de camarote foi muito gratificante e me deu confiança para perceber que ele era a pessoa ideal para esse projeto no Market Makers.

Antes, era o Math quem enchia o saco dos gestores para que eles ajudassem a entender alguma tese da bolsa. Hoje em dia é ele quem tem recebido mensagens de gestores curiosos em entender melhor a nossa tese de Vulcabrás, Valid ou alguma outra small cap que está brilhando na nossa carteira.

Aliás, ver suas últimas participações em nosso podcast, falando de igual pra igual com os convidados, como se ele fosse “um deles” e não um apresentador, era um sonho que eu nem sabia que desejava, mas que virou realidade.

O Matheus é um analista com cabeça de gestor, que rapidamente conseguiu desenvolver-se graças ao seu empenho. Um diferencial que ele tem: por conta da nossa ampla rede de contatos, ele está a uma ou duas mensagens de Whatsapp de distância de qualquer grande gestor do mercado – e este gestor provavelmente irá atendê-lo.

Meses atrás, compartilhamos com o Math a ideia do SMALL CAPS MASTERS, o primeiro grande evento que o Market Makers irá realizar. Queria montar os painéis com os gestores que o Math mais se inspira ou que possuem uma filosofia parecida com a nossa, de buscar oportunidades no mar das small caps.

O resultado está aqui abaixo: 8 grandes ganhadores de dinheiro na bolsa que estarão conosco contando suas ações preferidas neste momento. O evento será online e acontecerá entre os dias 22 e 24 de agosto. O preço: de graça!

Ah: claro que o Math estará também no evento junto com os 8 gestores convidados, não só fazendo perguntas mas também falando mais sobre algumas de suas ações favoritas.

Acho que hoje vou até almoçar no São Bento, só pelo saudosismo da lembrança daquela conversa em janeiro de 2022.

Obrigado por embarcar comigo nesta. Sua presença faz toda a diferença.

Te amo, irmão.

Com carinho,
Thiago Salomão

Compartilhe

Por Thiago Salomão

Fundador do Market Makers, analista de investimentos CNPI-P, MBA em Mercados Financeiros na Fipecafi e na UBS/B3. Antes de fundar o MMakers, foi editor-chefe do InfoMoney, analista de ações na Rico Investimentos, co-fundou o podcast Stock Pickers e foi sócio da XP de 2015 a 2021

thiago.salomao@mmakers.com.br