Notícia

3min leitura

Por que a Petrobras continua ganhando dinheiro no governo PT?

O que importa são as expectativas

Por Matheus Soares

17 out 2023 14h11 - atualizado em 17 out 2023 02h11

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) acumulam alta de 85% em 2023, apesar dos preços de referência do petróleo negociado nas bolsas internacionais subirem entre 10 e 12% no mesmo período. A que se deve essa discrepância?

A resposta direta e reta a essa pergunta é simples: a Petrobras continua ganhando dinheiro mesmo no governo PT.

Embora seja uma resposta simples demais, ela mostra a importância das expectativas no mercado financeiro. Aliás, controlar ou entender as expectativas é algo importante, inclusive, na vida pessoal: a felicidade depende não apenas de quão bem vão as coisas, mas principalmente se estão melhor do que o esperado.

O que isso quer dizer na prática é que a fórmula “felicidade = realidade – expectativa” também funciona no mercado financeiro.

Quando a expectativa é baixa demais, qualquer realidade minimamente melhor que a expectativa gera um sentimento de felicidade, que no caso da bolsa de valores pode ser refletida através da valorização das ações.

O caso de Petrobras é justamente esse.

Ao final de 2022, os investidores tinham muitas incertezas sobre o futuro da estatal nas mãos do governo petista. Durante a corrida eleitoral que correu ao longo de 2022, o atual presidente Lula criticava a antiga gestão da Petrobras e prometia “abrasileirar” o preço dos combustíveis:

“Seu salário sobe quando o dólar sobe? Então por que a Petrobras está reajustando o preço dos combustíveis em dólar? O Brasil é autossuficiente em petróleo. E o custo do nosso petróleo é em real. Nos governos do PT, a gasolina, o gás e o diesel eram em real. Lutar para abrasileirar o preço dos combustíveis é um compromisso do PT”, afirmou Lula em um de seus discursos.

Frases como essa de cima traziam à tona as terríveis lembranças da época de Dilma Rousseff, período no qual a Petrobras quase quebrou por subsidiar os preços de combustíveis vendidos no Brasil.

Apesar de produzir um volume mais do que suficiente para atender ao consumo doméstico de aproximadamente 2,5 milhões de barris de petróleo por dia, a Petrobras não tem capacidade industrial para transformar todo esse petróleo produzido em combustível – processo esse chamado de refino.

Ou seja, como o Brasil não tem capacidade para produzir todo o diesel e gasolina – além de outros derivados – que consome diariamente, ele precisa importar. Nesse sentido, apesar de exportar petróleo bruto, a Petrobras importa um percentual relevante de derivados e petróleo refinado, como é possível ver abaixo:

Fonte: Release de resultados do 4T22

Como o preço do petróleo é dado pelas bolsas internacionais e como a Petrobras importa combustíveis, ela precisa repassar esse custo para os produtos vendidos no Brasil para não perder dinheiro.

Na época da Dilma, a Petrobras subsidiava os preços dos combustíveis e foi usada como instrumento político de combate à inflação. O problema é que essa política quase quebrou a empresa.

Em 2015, a dívida líquida dela beirou R$ 400 bilhões depois de ter queimado uma cifra próxima de R$ 100 bilhões de caixa nos 5 anos anteriores. 

Ao final de 2022, a expectativa de grande parte do mercado era que isso poderia acontecer novamente.

Mas a GRANDE VERDADE é que desde que o governo Lula assumiu e o Jean Paul Prates entrou como presidente da Petrobras, as mudanças feitas foram muito pequenas.

A Petrobras continua repassando os preços e, consequentemente, gerando muito dinheiro. Além disso, o novo plano de investimentos da estatal para os próximos 5 anos deve ficar próximo de 85 bilhões de dólares, o que é próximo dos R$ 75 bilhões anunciados pela antiga gestão.

Outra mudança marginal realizada foi na política de dividendos: antes o montante a ser distribuído como proventos era de 60% do fluxo de caixa livre (fluxo de caixa operacional – Capex), e a partir de agora será de 45%.

Então, embora as coisas tenham piorado, a verdade é que elas pioraram muito pouco e muito menos que o imaginado 12 meses atrás.

Se você quer entender com mais detalhes tudo o que está acontecendo na Petrobras, não deixe de assistir ao PRIMEIRO episódio do novo programa do Market Makers, o Mercado Aberto.

Eu e o Thiago Salomão destrinchamos a Petrobras para responder a seguinte pergunta: por que a estatal está subindo tanto no ano mesmo com o governo do PT?

Confira agora no YouTube ou Spotify.

Compartilhe

Por Matheus Soares

Fundador do Market Makers, analista responsável pela Carteira Market Makers de Ações. Antes de fundar o MMakers, foi analista responsável pela cobertura de Small Caps na XP Inc e analista fundamentalista da Rico Investimentos. Certificado no curso de Value Investing da Columbia Business School.

matheus.soares@mmakers.com.br