Notícia

6min leitura

Um resumo de “Princípios” pra você não precisar ler o livro inteiro

Os principais princípios da obra mais contraindicada da Biblioteca Market Makers

Por Josué Guedes

11 ago 2022 12h12 - atualizado em 11 ago 2022 12h14

No conteúdo, Princípios, de Ray Dalio, pode até não deixar a desejar. Mas, na forma, a história com certeza é outra.

Da maneira com que foi editado, quem se aventura a lê-lo de uma vez tem a sensação de estar tentando aprender a dirigir lendo o manual do carro ou a cozinhar decorando todas as receitas de algum bom livro de culinária.

Por essas e outras, o livro atualmente figura em primeiro lugar na anti-biblioteca do Market Makers.

Apesar de felizmente não conter receitas milagrosas ou aqueles passo a passos que ensinam qualquer coisa nas redes sociais, Princípios se propõe mesmo a ser quase um manual sobre vida e trabalho que Dalio, fundador e gestor do maior hedge fund do mundo, resolveu escrever contendo seus critérios de tomada de decisão que colecionou ao longo da sua vida.

Logo na introdução da obra, Dalio explica que os princípios são verdades fundamentais que servem para embasar comportamentos que lhe trarão o que você deseja da vida — uma promessa bem ousada.

Mas, antes de falarmos sobre os principais princípios, é importante você saber quem é Ray Dalio e o que o levou a escrever mais de 500 páginas contendo seus “segredos” para uma vida de sucesso.

Gerindo mais US$ 140 bilhões hoje, Dalio teve um começo de carreira típico de um empreendedor e também passou por seus altos e baixos. Nascido em 1949, em Nova York, fundou a Bridgewater, uma das maiores gestoras de recursos do mundo, em 1975, logo após ter concluído seu MBA em Harvard e ter sido demitido. A primeira sede da empresa foi o apartamento de dois quartos que dividia um colega. De lá, fazia suas recomendações e aconselhava seus clientes sobre gerenciamento de risco, umas de suas especialidades.

Em 1982, após alguns anos prestando esse tipo de serviço, sofreu um dos maiores reveses da sua carreira ao prever uma recessão global que não aconteceu. Na época, o gestor chegou até a falar no Congresso americano sobre sua tese e investiu praticamente todo seu patrimônio aguardando a crise. A não concretização do seu cenário o abalou não só pessoalmente como foi péssimo para sua empresa. Para se reerguer precisou até pegar dinheiro com o pai.

Como o restante da história do gestor você encontra facilmente no Google, vamos ficar por aqui na sua biografia e explorar como seu primeiro grande fracasso demonstra perfeitamente o que Dalio considera ser uma verdade fundamental, princípio, e quais são aqueles que podem fazer real diferença na sua vida.

Após erros dolorosos, como aquela previsão pública sobre recessão, Dalio passou a refletir sobre como não repeti-los, mudar e melhorar. Para isso, adotou o hábito de literalmente colecionar seus critérios de decisão, colocar no papel, sempre que precisava deliberar sobre algo. Com o tempo, isso se tornou praticamente seu manual para tomada de decisão.

Na situação em que errou a previsão da recessão, o gestor chegou à conclusão de que precisava mudar seu jeito de pensar de “estou certo” para “como sei que estou certo”. Com isso, por exemplo, passou a utilizar o princípio da mentalidade radicalmente aberta em sua vida para não se enganar, pois foi justamente por não se permitir escutar os outros que errou aquela previsão.

Agora que você já sabe quem é Ray Dalio e o que ele considera um princípio, posso te falar quais são os princípios fundamentais que poderão te poupar a leitura desse livro que anda dividindo opiniões no Condado.

Princípios de vida

Baseado na ideia de que uma vida de sucesso deve possuir uma dinâmica de aprendizado evolutiva através do estabelecimento de metas audaciosas, fracassos, aprendizado de princípios, evolução e criação de outras metas mais audaciosas e assim em diante, os 5 principais princípios que irão lhe possibilitar crescimento pessoal, segundo Dalio, são:

1. Aceite e realidade e lide com ela

Não há nada mais importante do que entender como a realidade funciona e como lidar com ela. Mantenha sempre em perspectiva que a vida é feita de desafios e assim sendo prepare-se para superá-los e aprender com eles através da reflexão.

2. Seja radicalmente mente aberta e transparente

Esse princípio é fundamental ​​para um aprendizado rápido e uma mudança efetiva. Ter a mente radicalmente aberta aumenta a eficiência do ciclo de aprendizado. Quanto mais mente aberta você for, menor será a probabilidade de enganar a si mesmo – e mais provável será que os outros lhe deem feedback honesto.

3. Progresso = Dor + reflexão

Não há como evitar a dor, especialmente se você estiver perseguindo metas ambiciosas. Desenvolva uma atitude reflexiva em relação a ela em vez de evitá-la e isso servirá para acelerar seu processo de aprendizado/evolução.

4. Use o Processo de Cinco Etapas para conseguir o que você quer da vida

Se você conseguir fazer bem essas cinco coisas, quase certamente será bem-sucedido. Aqui estão eles em poucas palavras:

– Defina objetivos claros;
– Identifique e não tolere os problemas que ficam no caminho desses objetivos;
– Diagnostique com precisão os problemas para atingir as causas raízes;
– Projete planos para superá-los;
– Faça o que for necessário para que esses projetos alcancem os resultados.

5. Simplifique

Livre-se de detalhes irrelevantes para que as coisas essenciais e as relações entre elas se destaquem. Como diz o ditado, “Qualquer tolo pode torná-lo complexo. É preciso um gênio para torná-lo simples.”. Pense em Picasso. Ele podia pintar belas pinturas representativas desde tenra idade, mas continuamente simplificava à medida que sua carreira progredia.

Princípios de trabalho

Considerado por muitos o Steve Jobs das finanças, Dalio construiu uma empresa gigantesca e considera que seus princípios de trabalho foram fundamentais para alcançar o que desejava no âmbito corporativo. Para ele, uma boa organização é aquela que tem ótimas pessoas e uma ótima cultura. E isso você constrói com os seguintes princípios:

1. Confiança na Verdade Radical e na Transparência Radical

Entender o que é verdade é essencial para o sucesso, e ser radicalmente transparente sobre tudo, incluindo erros e fraquezas, ajuda a criar o entendimento que leva a melhorias. Quanto mais as pessoas souberem o que está acontecendo — o bom e o ruim— mais eficazes elas serão para decidir as maneiras apropriadas de lidar com as coisas.

2. Crie uma cultura na qual não há problema em cometer erros e inaceitável não aprender com eles

Todo mundo comete erros. A principal diferença é que as pessoas bem-sucedidas aprendem com elas e as malsucedidas não. Ao criar um ambiente no qual não há problema em cometer erros com segurança para que as pessoas possam aprender com eles, você verá um progresso rápido e menos erros significativos.

3. Treine, teste, avalie e classifique constantemente as pessoas

Tanto seu pessoal quanto seu projeto devem evoluir para que sua empresa melhore. Quando você possibilita a evolução pessoal, os retornos são exponenciais. Sua parte na evolução pessoal de um funcionário começa com uma avaliação franca de seus pontos fortes e fracos, seguida de um plano de como suas fraquezas podem ser mitigadas por meio de treinamento ou mudando para um trabalho diferente que aproveite seus pontos fortes e preferências.

Como todo resumo, quem leu o livro completo poderá achar que ficou faltando esse ou aquele princípio, claro, porque a obra de Dalio possui mais de 500, mas a ideia foi apresentar o que considero os principais — aqueles que absorvi e procuro praticar de alguma forma.

Agora, se depois dessa newsletter você irá adquirir a obra e se aventurar nos outros princípios que não foram descritos aqui, são outros quinhentos (e muitos).

Compartilhe

Por Josué Guedes

josue.guedes@mmakers.com.br