Podcast

01h 26min

Marcelo Flora: como pensa o líder da digitalização do BTG Pactual

Os desafios e oportunidade da revolução digital do maior banco de investimentos da América Latina

Por Market Makers

18 ago 2023 13h50 - atualizado em 28 ago 2023 12h26

Inscreva-se

Marcelo Flora tem um perfil raro no mercado de trabalho moderno: está há 23 anos na mesma empresa, na qual entrou como estagiário, ainda no século passado. Aliás, ele chegou na empresa há tanto tempo que ela já mudou de controladores duas vezes e já teve três nomes diferentes: Pactual, UBS Pactual e finalmente BTG Pactual.

Ao longo desses 23 anos, assim como a própria empresa, Flora já mudou muito: foi do back office e sales. Se tornou sócio, chefe da distribuição da asset, chefe da distribuição da renda fixa até se tornar diretor estatutário e head das plataformas digitais, que é a ferramenta do BTG para chegar ao varejo.

No episódio #58, falamos sobre a trajetória de um dos bancos mais importantes do Brasil hoje, como ele se desenvolveu nas últimas décadas e também sobre como o mercado mudou durante durante a década do financial deepening.

O QUE VOCÊ VAI APRENDER NESTE EPISÓDIO

  • Quem é Marcelo Flora
  • Como começou o processo de digitalização do BTG Pactual
  • Os desafios enfrentado pela primeira plataformas de distribuição
  • Por que antigos sócios saíram do Pactual
  • Como o BTG Pactual entrou no universo do varejo
  • Quando Marcelo Flora soube que o processo d digitalização do BTG Pactual deu certo
  • Quais foram os desafios da digitalização do BTG
  • A visão de futuro do BTG Pactual
  • Os impactos do financial deepening no Brasil para o BTG

CONVIDADO

Marcelo Flora: Bacharel em Engenharia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Marcelo Flora como estagiário no Pactual em 2000 na área de open market. Com passagens pelo back office e sales, Flora foi chefe da distribuição da asset, chefe da distribuição da renda fixa até se tornar diretor estatutário e head das plataformas digitais e sócio do banco.

LIVROS RECOMENDADOS

The House of Morgan: An American Banking Dynasty and the Rise of Modern Finance (Ron Chernow)

Conquistadores (Roger Crowley)

Desrecomendações: “livros de ficção e atuoajuda”

Compartilhe

Por Market Makers

market.makers@mmakers.com.br