Podcast

01h 25min

Onde os ganhadores de dinheiro em 2023 estão investindo agora

Gestores dos multimercados campeões de 2023 destrincham o cenário e revelam onde estão investindo agora

Por Josué Guedes

10 ago 2023 19h33 - atualizado em 18 ago 2023 01h51

Inscreva-se

A complexidade de 2023 tem provocado uma forte disparidade nos retornos dos fundos multimercados brasileiros.

Por isso, trouxemos neste episódio dois gestores (Mario Schalch e André Raduan) que estão brilhando nesse ano pra saber o que eles esperam daqui para frente. Ambos concordam que o mundo deve desacelerar, mas para a alegria de quem gosta de um debate, houve divergência sobre como o mercado vai reagir em relação a isso: 

Schalch, da NEO, acha que o cenário de juros no Brasil já está precificado e não há muito o que fazer, enquanto lá fora é bom apertar os cintos pois é improvável vermos um “pouso suave”. Já Raduan, da Genoa, ainda tem posição aplicada no juro brasileiro por achar que há espaço para quedas adicionais na inflação, enquanto que lá fora a desaceleração virá, mas no ritmo certo.

Ponto interessante do debate foi a preocupação dos dois na formação de um Copom mais “pega leve” a partir de 2024 – e como isso pode influenciar na formação da curva de juros futuros.

O QUE VOCÊ VAI APRENDER NESTE EPISÓDIO

  • O que é o cupom cambial e Genoa
  • O que a NEO tem visto de oportunidade em 2023
  • Como funciona operar na curva de juros e o racional da operação no Brasil
  • Por que a Genoa aposta no ciclo de queda de juros no mundo
  • A diferença entre a crise de 2008 e a crise da Covid
  • O problema do arcabouço fiscal e o novo Banco Central
  • Como lidar com o ruído político no Brasil e no BC
  • O que está acontecendo na China atualmente

CONVIDADOS

André Raduan: Mestre em Economia pelo Insper e graduado em Engenharia Civil pela UFRJ, com Pós-graduação em Risco e Gestão pela Yale School of Management, André Raduan niciou sua carreira em 1998 no Banco Modal, passando pelas áreas de controladoria e gestão de renda variável. Em 2001, transferiu-se para a Nobel Asset Management, onde tornou-se sócio em 2002 e atuava como gestor com foco em renda fixa e câmbio. Ingressou no ltaú em janeiro de 2007, onde atuou na gestão de renda fixa e câmbio dos fundos Itaú Hedge e Itaú Hedge Plus, em conjunto com Emerson Codogno e Mariano Steinert até o início de 2020 quando fundou a Genoa.

Mario Schalch: Formado em Engenharia Industrial pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), Mario Schalch iniciou sua carreira no back-office do ABN-Amro em 1996. Em 1997, ingressou na área de Asset Management do Banco Patrimônio de Investimentos. Em 2000, já no Chase Manhattan Bank, ingressou no departamento de derivativos e pesquisas quantitativas. Em 2003, fundou a NEO Investimentos.

LIVROS RECOMENDADOS

André Raduan

Devil Take the Hindmost (Edward Chancellor)

A incrível viagem de Shackleton (Alfred Lansing)

Desrecomendação: Escolhas Difíceis (Hillary Clinton)

Mario Schalch

A Bola de Neve (Alice Schroeder)

O andar do bêbado (Leonard Mlodinow)

Compartilhe

Por Josué Guedes

josue.guedes@mmakers.com.br