Podcast

02h 18min

Por que a Faria Lima está comprando utilities, varejo e construção?

As grandes oportunidades da bolsa no segundo semestre de 2023

Por Market Makers

18 set 2023 11h00 - atualizado em 25 set 2023 12h23

Inscreva-se

A ideia do episódio #62 era chamar dois gestores com profundo conhecimento no setor de saneamento para explicar por que a Sabesp virou uma das ações queridinhas da Faria Lima – mas obviamente aproveitamos a oportunidade para falar da carteira inteira destes investidores.

Mauricio Jonas, sócio fundador da CL4 Capital, tem mais de 20 anos de experiência e desde o início da carreira cobre o setor. Já Fabiano Custódio, CIO da Miles Capital, não só acompanha de perto o setor como recentemente publicou uma carta extensa explicando sua tese em Sabesp (SBSP3) — hoje a maior posição do fundo.

Na 1ª hora de papo com os dois, fizemos um mergulho profundo na tese de Sabesp e por que a empresa tem potencial para até triplicar de valor.

No restante, falamos sobre outros dois setores que já foram “patinhos feios” mas aparecem nas carteiras  dos convidados: construção e varejo. Até uma “ex-queridinha” voltou a aparecer no programa: a Hapvida.

O QUE VOCÊ VAI APRENDER NESTE EPISÓDIO

  • O jeito Fabiano de investir: ataca com o micro, defende e ajusta posições pelo macro; portfólio diversificado
  • O jeito Mauricio de investir: empresas com gatilho de melhora operacional e que geram caixa; portfólio concentrado
  • Os desafios do setor de saneamento
  • O risco da possível privatização da Sabesp
  • As posições da Miles Capital no setor de construção
  • Banco Inter, BTG e XP: teses do setor financeiro
  • Por que Fabiano vê potencial para a SABESP duplicar ou até triplicar na bolsa
  • Por que o Mauricio não investe em SABESP (ele prefere Copel)
  • Por que Fabiano acredita que o setor de varejo pode ser a bola da vez
  • Por que Mauricio tem 30% da carteira em ALIANSCE SONAE e três construtoras de baixa renda (TENDA PLANO & PLANO e MRV)
  • Por que Fabiano prefere construtoras de alta renda (EZTEC e CYRELA)
  • Por que Mauricio tem 10% do fundo em HAPVIDA
  • Por que os dois gestores gostam de INTELBRAS

CONVIDADOS

Maurício Jonas: Formado em administração de empresas pela FGV-EAESP, Maurício tem mais de 20 anos de experiência no mercado, tendo passado por instituições como Nucleo Capital, BRZ Investimentos, Skopos Investimentos. Em 2015 fundou a CL4 para administrar o patrimônio próprio, de familiares e amigos.

Fabiano Custódio: Formado em Economia pela FEA-USP, Custódio foi analista de ações no departamento de Equity Reseach dos bancos Santander (2004-2007) e Credit Suisse (2008-2009). Entre 2009 e 2012, atuou como analista de investimentos na Tesouraria do Banco Credit Suise. De 2013 a 2017, foi gestor de ações atuando em 2 estratégias diferentes no Itaú. Em 2017, fundou a Miles Capital, gestora em que atua como CIO.

LIVROS RECOMENDADOS

Maurício Jonas

Barbarians at the Gate (Bryan Borrough e John Helyar)

A Marca da Vitória (Phil Knight)

Desrecomendação: Damodaran on Valuation (Aswath Damodaran)

Fabiano Custódio

A Ordem Mundial em Transformação (Ray Dalio)

Agassi: Uma Autobiografia (Andre Agassi)

Desrecomendação: Damodaran on Valuation (Aswath Damodaran)

Compartilhe

Por Market Makers

market.makers@mmakers.com.br