Podcast

01h 36min

Samuel Pessôa: meu medo é a falta de medo do Lula

Os risco de um "Lula Dilmado" e o problema estrutural do fiscal brasileiro

Por Josué Guedes

26 jan 2023 19h58 - atualizado em 02 fev 2023 06h34

Inscreva-se

Nosso entrevistado da vez é uma das mentes econômicas mais respeitadas do Brasil – embora seja formado em física. Samuel Pessôa contou no início do papo o curioso motivo que o fez tornar-se doutor em economia.

Pessôa explicou o que o tem deixado tão preocupado com o rumo fiscal do Brasil neste início de governo Lula. Para ele, mesmo que Lula tenha sorte de um provável boom de commodities que podemos ter em 2023, ele teme um efeito colateral desta benesse: o aumento de gastos de baixa qualidade. Pessôa também se disse surpreso com a versão “Dilmada” de Lula.

Outros assuntos da pauta: a herança bendita deixada por Paulo Guedes, o receio sobre o último ano de Roberto Campos Neto no Banco Central e um recado para o agora ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

O QUE VOCÊ VAI APRENDER NESTE EPISÓDIO

  • O começo da amizade com Marcos Lisboa: formação da dupla “lisbossôa”
  • Como Samuel saiu da Física e se tornou pesquisador na área da economia
  • Perspectiva para economia brasileira em 2023
  • Quem é o verdadeiro ministro da economia da Brasil
  • Fiscal: um problema estrutural do Brasil
  • Como o ciclo de desinflação mundial pode beneficiar o Brasil
  • Os impactos da endogenia na política econômica e o problema da dívida pública brasileira
  • O que é o manicômio tributário brasileiro e como resolvê-lo
  • Educação: a verdadeira e única saída para o subdesenvolvimento do Brasil
  • O risco da continuidade do “Lula Dilmado”: o prenúncio de uma crise fiscal

CONVIDADOS

Samuel Pessôa: Graduado em Física e doutor em Economia pela Universidade de São Paulo (USP), Samuel Pessôa é professor assistente da Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro (EPGE/FGV) e Chefe do Centro de Crescimento Econômico do Instituto Brasileiro de Economia (FGV IBRE).

LIVROS RECOMENDADOS

Desenvolvimento E Subdesenvolvimento (Nathaniel Leff)

Nós do Brasil: Nossa herança e nossas escolhas (Zeina Latif)

Eles em nós: Retórica e antagonismo político no Brasil do século XXI (Idelber Avelar)

Um defeito de cor (Ana Maria Gonçalves)

Mídias Sociais no Brasil Emergente (Julião Spyer)

Desrecomendação:

O Capital no Século XXI (Thomas Piketty)

Compartilhe

Por Josué Guedes

josue.guedes@mmakers.com.br