Podcast

:

LIVE

Vendido em Vale, comprado em Magalu: as teses dos gestores cariocas

Apesar de semelhanças na gestão, Duda e Bruno Garcia possuem alguns pontos de divergência sobre trajetória da taxa de juros e apostas no mercado de ações

Por Josué Guedes

02 fev 2023 19h48 - atualizado em 09 fev 2023 07h56

Inscreva-se

Os dois gestores entrevistados são cariocas, possuem larga experiência no mercado, fundaram as gestoras que trabalham atualmente, são focados em ações mas dão muito peso para o cenário macro nas tomadas de decisão (e até operam ativos ex-ações). Apesar das várias semelhanças, Duda Rocha (Occam Capital) e Bruno Garcia (Truxt Investimentos) divergem em alguns pontos sobre o momento atual do mercado.

A grande diferença está na trajetória da taxa de juros: Bruno considera-se mais otimista que a média do mercado, e isso se reflete com menos posições vendidas em Ibovespa Futuro e um peso considerável para o setor de varejo na sua carteira. Já o Duda acredita que o juro deve começar a cair mais tarde do que as apostas do mercado, o que justifica um portfólio mais leve. Ambos gostam de commodities, mas o gestor da Truxt revelou que “ficou short” em Vale e minério de ferro nesta semana, enquanto o gestor da Occam disse estar comprado em Magalu (atualmente a maior alta do Ibovespa em 2023).

Entrevista feita dentro do LAIC (Latin America Investment Conference), o evento anual do Credit Suisse, que aconteceu nos dias 31/jan e 1/fev em São Paulo. O Market Makers foi convidado para gravar direto do evento.

O QUE VOCÊ VAI APRENDER NESTE EPISÓDIO

  • Como o impulso positivo do exterior irá beneficiar o Brasil: EUA e China
  • Posições da Truxt: long Brasil e hedges
  • Posições e visão da Occam para 2023: commodities, Brasil, China e EUA
  • Pra onde vai o Real?
  • Quais são os melhores players do setor financeiro
  • Por que a Truxt montou posição short em Vale (VALE3)
  • Por que Duda está comprado em Magalu (MGLU3)
  • Qual é o futuro da indústria de fundos de investimento

CONVIDADOS

Carlos “Duda” Rocha: Engenheiro pela PUC/RJ e pós-graduado em mercado de capitais pelo IBMEC/RJ, Duda iniciou sua carreira em 1995 no Banco Pactual. Em 2000, iniciou como trader na tesouraria de ações do Pactual. De 2006 a 2008, geriu o Fundo Pactual Capital Partners, fundo exclusivo dos ex-sócios do Pactual. Foi o gestor de renda variável da área de asset management do UBS Pactual até setembro de 2009. A partir de 2010, foi o diretor responsável pela área de gestão de recursos do grupo Brasil Plural, até sair em 2018 para formar a Occam Brasil.

Bruno Garcia: Formado em engenharia elétrica de sistemas e engenharia de produção pela PUC-Rio com excelência acadêmica (1999), Garcia iniciou sua carreira no Opportunity Asset Management trabalhando nas áreas de gestão, análise e controladoria, sendo responsável pela área de gestão de riscos (1998-2001). Participou da fundação da ARX Investimentos, onde foi responsável pela gestão das estratégias Long Only e Long & Short e pela supervisão do time de análise de renda variável (2001-2017). Atualmente é CIO da TRUXT Investimentos.

LIVROS RECOMENDADOS

Episódio sem recomendações de livros.

Compartilhe

Por Josué Guedes

josue.guedes@mmakers.com.br